sexta-feira, 25 de junho de 2010

O que a radiação causa em um ser vivo?






A radiação ataca as células do corpo individualmente, fazendo com que os átomos que compõem as células sofram alterações em sua estrutura. As ligações químicas podem ser alteradas, afetando o funcionamento das células. Isso, por sua vez, provoca com o tempo conseqüências biológicas no funcionamento do organismo como um todo; algumas conseqüências podem ser percebidas a curto prazo, outras a longo prazo.; às vezes vão apresentar problemas somente os descendentes (filhos, netos) da pessoa que sofreu alguma alteração genética induzida pela radioatividade.
Os efeitos da radioatividade no ser humano dependem da quantidade acumulada no organismo e do tipo de radiação. A radioatividade é inofensiva para a vida humana em pequenas doses, mas, se a dose for excessiva, pode provocar lesões no sistema nervoso, no aparelho gastrintestinal, na medula óssea, etc., ocasionando por vezes a morte (em poucos dias ou num espaço de dez a quarenta anos, através de leucemia ou outro tipo de câncer).
Existem vários tipos de radiação; alguns exemplos: partículas alfa, partículas beta, nêutrons, raios X e raios gama. As partículas alfa, por terem massa e carga elétrica relativamente maior que as outras citadas, podem ser facilmente detidas, até mesmo por uma folha de papel; elas em geral não conseguem ultrapassar as camadas externas de células mortas da pele de uma pessoa, sendo assim praticamente inofensivas. Entretanto, podem ocasionalmente penetrar no organismo através de um ferimento ou por aspiração, provocando lesões graves.

Em suma , na pratica , a radiação ao nível das moleculas:
- pode passar "direto" pela molecula (pouco provavel)
-pode ionizar uma molecula tornando-a reativa com outras moleculas
-pode gerar calor.
-pode até destruir uma molecula ou átomo.

Ao nível das células:
-Pode destruir uma celula.
-Pode tranforma-la em cancer.
-pode alterar seu material genetico.
-Pode somente trazer leves danos.

Ao nivel do organismo:
-Pode queima-lo
-Pode fazer ocorrer uma cascata inflamatoria. Causando disfunção do orgão.
-Pode transformar em cancer.
-Pode ocorrer erro genetico passado ás genrações posteriores

A exposição de um ser humano à uma alta dose de radiação, pode dar origem a inúmeros efeitos imediatos. Alguns deles aparecem abaixo:
- Cérebro: Danos cerebrais podem causar delírio, convulsões e morte.
- Olhos: Danos nos olhos podem provocar catarata.
- Boca: Lesões à boca podem incluir úlceras bucais.
- Estômago e Intestino: Estômago e intestino quando lesados, provocam náuseas e vômitos. Infecções intestinais podem levar à morte.
- Fetos: Danos à criança em gestação podem incluir retardo mental, particularmente se a exposição à radiação ocorrer no início da gravidez.
- Ovários e Testículos: Danos aos ovários (ou testículos) provocam esterilidade ou afetam os filhos que o indivíduo possa vir a ter.
- Medula Óssea: Lesões na medula óssea podem conduzir hemorragias ou comprometer o sistema imunológico.
- Vasos Sanguíneos: Ruptura dos vasos sanguíneos leva à formação de hematomas.

Fontes:
http://www.siteatomico.hpg.ig.com.br/02_04.html; 06/04/2010 às 20h
http://www.ucs.br/ccet/defq/naeq/material_didatico/textos_interativos_16.htm; Há aproximadamente dois anos atrás.
"Principios de física em radiodiagnostico" - Colégio Brasileiro de Radiologia
http://www.energiatomica.hpg.ig.com.br/Bio.html; 06/04/2010 às 19h30

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário